logotype

Coro Grego em tempos frios

Coro Grego em tempos frios (isso é uma figura de linguagem).

Na semana passada, a oficina de Teatro e Artes Integradas abordou o tema do Coro Grego no TERRITÓRIO DAS ARTES CARAVAN MASCHERA jd. Maracanã. Mas, afinal, quem faz o herói? Ele mesmo sozinho ou um Coro que o intitula da noite para o dia o novo salvador da Pátria?

Jogo teatral bobo do menino bobo francês Jacques Lecoq que não fazia nada com nada e dizia coisa com coisa.

Nesse exercício de movimentação, observação e escuta, sem palavras, percebemos rapidamente aqueles que seguem e respeitam as regras do jogo e aqueles que simplesmente abusam das mesmas. Só se transforma em Herói aquele quem decidir o Coro.

Sabe-se perfeitamente da vontade de alguns no meio do Coro de quererem ser aclamados Heróis, rapidamente, quebrando as regras.

Acontece que, as vezes, um Herói é mais interessante do que outro, seja porque tem uma escuta melhor, porque se movimenta melhor, porque observa melhor.

Mesmo em jovens e crianças a vontade de se tornar Herói de um Coro a qualquer custo é eminente.

Mesmo entre jovens e crianças percebe-se que muitos simplesmente ignoram as regras do jogo e da brincadeira e querem se tornar Herói a qualquer custo.

Não demora e... ... Golpe! (na França eles chamam de Coup d’état; no Brasil, é Golpe!)

A brincadeira fica chata, uns reclamam, outros seguem jogando mesmo sabendo que as regras foram quebradas, mesmo sabendo que aquele Herói não é legítimo.

E, sentados na platéia, dois alunos comentam: “Quando é que ele (o professor) vai parar o jogo e punir quem não sabe perder?”

Eu (Juiz e professor) só observo... esperando/orando pela revoltinha florescer naturalmente.

Oficinas de Teatro e Artes Integradas
Onde: Centro comunitário Jd. Maracanã, Quando: Terças-feiras 
das 9 ás 11h e das 14 às 16h. GRÁTIS!

O TERRITÓRIO DAS ARTES CARAVAN MASCHERA-Jd. Maracanã é uma realização da Cia Caravan Maschera em parceria com a Associação Estação Maracanã e não tem, até o momento nenhum subsídio da Sec. de Cultura de Atibaia, como erroneamente foi relatado em reunião do COMPOCAT.

Apoio: 
Governo Federal – Ministério da Cultura- Funarte
Governo do Estado de São Paulo- ProAc
Projeto Orun-aiye.
WWW.projetoorun-aiye.com
WWW.caravanmaschera.org

 

      

PROCESSO CRIATIVO: "Vigiar e Punir"

PROCESSO CRIATIVO: "Vigiar e Punir: um soldado beijava a boca de Foucault na escada da escola'.

Nesse final e inicio de semana, sábado dia 16, domingo dia 17 e segunda-feira dia 18, Caravan Maschera deu início a mais uma etapa do processo criativo de “Vigiar e Punir: Um Soldado beijava Foucault na escada da escola”. Em paralelo com o estudo teórico dos escritos de Michel Foucault sobre as técnicas e tecnologias de controle, normalização e poder, na nossa sociedade, iniciou-se uma aproximação da pesquisa de campo a ser realizada em hospitais psiquiátricos, abrigos, asilos e escolas públicas. Destas pesquisas in loco realizaremos debates, improvisações e dramaturgias visuais e escritas nos próximos meses. 
O relato visual, emocional e oral dos testemunhos são de encher os olhos e o coração de lágrimas e de um sentimento de impotência. Mas apesar dessas divergências, acreditamos numa esperança dentro desta Destopia do mundo contemporâneo.

Foram apresentados: no dia 16 o espetáculo “Tiringuito, Luisa e a morte”, que trata do tema da morte de forma cômica e lúdica por meio do teatro de bonecos inspirado no Mamulengo brasileiro e na Guaratelle italiana, para jovens e crianças sob a custódia do Estado no Abrigo da Casa do Caminho de Atibaia; no dia 17 o mesmo espetáculo foi apresentado para os idosos do Lar São Vicente de Paulo de Piracaia. No dia 18, Caravan Maschera apresentou “Vidas Secas”, espetáculo sem palavras de bonecos e imagens inspirado na Obra de Graciliano Ramos, na sede da APAE de Atibaia.

Processo criativo “Vigiar e Punir: Um soldado beijava a boca de Foucault na escada da escola”

Realização Caravan Maschera

Este projeto é realizado com o apoio do ProAc.

Apoio: Território das Artes Caravan Maschera, Projeto Orun-aiye e Associação Estação Maracanã.

 

    

Não vai ter golpe, vai ter cultura!

Arte pela Democracia em todos os sentidos que a semântica da língua de Camões pode desejar dizer....

Caravan Maschera Teatro defende um ESTADO DE DIREITO!

Não Vai ter Golpe, Vai Ter Cultura!

Cine-Maracanã no dia 15 de Abril de 2016 e divulgação das Atividades de arte do TERRITÓRIO DAS ARTES CARAVAN MASCHERA- Jd. Maracanã, no Bairro do Jd. Maracanã- Zona rural de Atibaia-SP. 

     

 

13 de Abril, oficinas de Teatro e Artes Integradas

Dia 13 de Abril foi dia de Jogar! “O jogo” foi o tema do nosso segundo encontro de Teatro e Artes integradas no TERRITÓRIO DAS ARTES CARAVAN MASCHERA. Além de muita risada e diversão, os alunos do curso tiveram contato com o princípio fundamental do teatro: a Cumplicidade. Por meio de jogos e exercícios, os participantes tiveram a possibilidade de entender mais de perto quais são os caminhos da desinibição, do prazer em estar em cena, da infantilidade e da concentração teatral. Estamos preparando esses artistas mirins para no próximo semestre apresentar-lhes as atividades de cinema, fotografia, literatura e montagem de exercício cênico.

Oficinas de Teatro e Artes Integradas:
Onde: Centro comunitário Jd. Maracanã, Quando: Terças-feiras das 9 ás 11h e das 14 às 16h.
GRÁTIS!

O TERRITÓRIO DAS ARTES CARAVAN MASCHERA-Jd. Maracanã é uma realização da Cia Caravan Maschera em parceria com a Associação Estação Maracanã

Apoio:
Governo Federal – Ministério da Cultura- Funarte
Governo do Estado de São Paulo- ProAc
Projeto Orun-aiye.

 

  

 

Dia 14 de Abril: Picasso, Braque e Gris...o Cubismo!

No último dia 14 de abril, o TERRITÓRIO DAS ARTES CARAVAN MASCHERA teve o prazer de compartilhar e sensibilizar os alunos do curso de artes plásticas com nada menos que o movimento Cubista europeu. Na aula de História da arte os alunos tiveram a oportunidade de tocar os quadros projetados no telão e de apreciar como nunca fizeram antes artistas como Georges Braque, Juan Gris ePablo Picasso. Entenderam suas linhas, suas perspectivas e o seu modo de ver e interpretar o mundo que ao invés de representar, sugere os objetos e formas na pintura. Na hora da prática, a técnica cubista foi abordada levando-se em consideração o que já foi feito no curso anterior (técnica de claro e escuro), acrescentado da idéia de plano, da decomposição da imagem, da geometria das formas e dos jogos com as cores.

Oficinas de Artes Plásticas e história da arte:

Onde: Centro comunitário Jd. Maracanã, Quando: Quartas-feiras das 9 ás 11h e das 14 às 16h. GRÁTIS!

O TERRITÓRIO DAS ARTES CARAVAN MASCHERA-Jd. Maracanã é uma realização da Cia CaravanMaschera em parceria com a Associação Estação Maracanã

Apoio:

Governo Federal – Ministério da Cultura- Funarte

Governo do Estado de São Paulo- ProAc

Projeto Orun-aiye.

 

     

         

2019  www.projetoorun-aiye.com